CONVERSA AMIGA:

Caros amigos,

Acredite! Se vc chegou até este link vc está no grupo de 60-70% das pessoas que deram um passo firme em direção à seriedade. Pode parecer estranho, mas muitos nem ao menos se dāo ao trabalho de ler o que o link indica e minha estatística pessoal mostra que, de todos os que me procuram – e isso inclui até aqueles com contrato assinado -, 30% a 40% nāo terminam o caminho, pelos mais variados motivos, sendo que a falta de perseverança é, sem dúvida alguma, o motivo principal.

De minha parte nāo há como estabelecer um diagnóstico prévio para determinar quem irá e quem nāo irá prosseguir. No meio da jornada até tenho como ter uma idéia, mas no começo isso se torna impossível.

Meus maiores desafios sāo ligados à honestidade e bom trabalho, os quais preciso demonstrar o tempo todo para gerar confiança em quem me contrata. Isso sei que faço com muita retidāo. O que nāo consigo fazer é “enfiar” na cabeça de alguns que essa jornada é pesada e precisa ser encarada desta forma o tempo todo. As primeiras 3 semanas dos “Speaking Sessions” me deram uma idéia muito definida de como as pessoas tem dificuldade em estabelecer um programa de atividades visando um passo largo no futuro.

Por isso preciso voltar ao ano de 1998, quando fiz uma viagem de turismo aos USA.

Vim visitar, ver Mickey Mouse, olhar as coisas. Nāo pensava em trabalhar aqui. Aliás, nāo gostava  muito de USA e achava o pessoal arrogante. O que eu sabia de USA ??? NADA! Tudo fruto do que eu tinha ouvido falar, nada além disso.

Alguma semelhança inicial com vc ? Cuidado! Pode ter. Muitos de vcs acham que conhecem bastante só porque passaram uns dias em New York ou já tiraram várias fotos com a turma da Disney. Em termos de imigração, isso e nada é a mesma coisa, lamento dizer.

Mas voltemos a 1998 …

Quando vim, uma pessoa que morava aqui me disse: “Posso te dar uma pequena idéia de como a coisa é, mas essa “idéia” é por demais pequena, pois só mesmo quem vive a realidade de um mercado de trabalho competitivo como se tem aqui pode COMEÇAR a vislumbrar o que seria morar aqui. Antes disso vc pode ter uma visāo melhor, mas ainda assim essa visāo será meio “blurred”.

Pergunto novamente: Alguma semelhança com vc ? Muitos passam alguns meses ou anos por aqui e imaginam que, por estarem aqui de um lado para o outro, muitas das vezes na ilegalidade mesmo estando com seu visto em dia, mas que, se nāo se trata de um visto próprio de trabalho, continua sendo ilegal se exercer atividade remunerada, e, por assim estarem, imaginam que em muito conhecem o sistema como um todo.

Acredito que estes possam ter uma visão melhor da visto dos amigos que vieram aqui para uns dias em New York, mas ainda assim essa visāo é, como diria meu amigo, “blurred”.

Voltando a 1998 …

Visitei algumas unidades de saúde e comecei a pesquisar sobre o sistema. Vi o quanto de trabalho este processo iria me dar e nāo havia muita  informaçāo suficiente à época – se bem que o CGFNS era bem mais rápido – para que eu consultasse. Com relativa habilidade de Advogado, fiz meu diploma de Enfermeiro atravessar as fronteiras da dificuldade, estudei como nunca havia feito na vida, passei por algumas derrotas – como quando uma empresa me disse em entrevista telefônica que nāo iria me contratar porque meu inglês era muito ruim – e Deus me ajudou a fechar um bom contrato. Mais alguns meses de imigração e mudei com minha família em Agosto de 2007, pela porta da frente, Green Card (que hoje já se transformou em cidadania americana) e muita evolução no mercado de trabalho aqui, graças a Deus!

Onde quero chegar com isso tudo ?

Quero fazer uma pergunta a vc! VOCÊ QUER MESMO VIR TRABALHAR COMO ENFERMEIRO NOS USA ??

A resposta é sim! Lindo! Mas, então:

  • Pq nāo se dedica com afinco ao estudo do idioma ? Precisa praticar “speaking”, diz pra mim que “sabe falar inglês” e tira 14 no TOEFL Speaking Section ??? Nāo, querida amiga … Você ainda nāo sabe … Vai conseguir se estudar com afinco, mas reclamar do exame ?!?!?
  • Pq demora na preparação de documentos ? 8 meses para mandar traduzir seus históricos ??? Sério ??
  • Pq nāo busca ajuda ? Mas vc fez application para a California sem saber que lá existe um processo todo diferenciado e por isso vai ter que repor algumas matérias … Pq fez isso ??
  • Pq nāo estuda sobre história americana, seus personagens e datas ? Sabia que o oficial da imigração no consulado tem poder de veto ao seu pedido de Green Card, meso após tudo pronto ? E sabia que essa pessoa analisa vc como um todo ?
  • Pq hesita tanto na mobilidade de seu processo ?

Empresas americanas que contratam Enfermeiros no exterior olham profissionais em todo o mundo, nāo somente no Brasil. Há muitos Asiáticos que são excelentes profissionais por aqui. As empresas olham isso tudo e, se pressentem que vc pode vir a ser um problema, eles descartam.

Exemplo ? Processos que demoram 3 – 4 anos. Como achar que alguém que leva 2 anos para passar no TOEFL/IELTS ou que nāo passou por duas vezes no NCLEX pode ser um bom Enfermeiro ??

O que faria vc se estivesse na cadeira de uma empresa que contrata e tivesse que escolher entre uma pessoa assim e outra com um processo mais célere ?

Hoje ouvi de alguém que “eles vāo sempre contratar pq nos USA nāo tem boas escolas” … mas de onde veio essa informação ??? Perguntei à pessoa de onde veio isso e qual sua experiência no assunto. A resposta foi “Ja viajei algumas vezes para New York” e “Há um conhecido meu que mora aí, trabalha em serviço de construção e me disse isso.”

Ou seja, uma visāo “turística” sustentada em uma uma outra visão “blurred” fazem uma pessoa jogar por terra  todo um sistema de contratação que nada tem a ver com isso.

Isso explica a estatística contida no paragrafo primeiro acima.

Repito a pergunta: VOCÊ QUER MESMO VIR TRABALHAR COMO ENFERMEIRO NOS USA ??

Só posso te dar assessoria, estímulo e criar formas de vc ser bem-sucedido. As provas vc mesmo terá de fazer e o ritmo do jogo será jogado conforme vc decidir.

Fica a dica, ok?

De tudo que fiz até hoje, tirar 1.5-2 anos de minhas atividades regulares no Brasil para me dedicar 100% a isso foi uma das melhores coisas que já fiz na vida. Eu entendo que se vc nāo agir assim, pode até ao final passar no NCLEX, mas … alguém vai querer te contratar ???

Desejo sucesso.

Abraços a todos.

Paz,

Flavius Nascimento