Nosso negócio é de risco! Nāo para quem nos contrata, pois qualidade e excelência sāo marcas registradas desta empresa e, particularmente, minhas – Flavius.

Risco para a empresa. Explico:

Quem nos contrata nāo nos conhece pessoalmente. Ouve informações de outros, compara com muitas coisas que existem na web, por muitas vezes procura fazer por conta própria antes de nos procurar. Essa pessoa se envolve em grupos de internet, alguns bons, a maioria meio sem noção, nos faz algumas perguntas, visita nosso site, pergunta a um ou outro sobre nós e entāo, após uma boa dose de coragem, resolve apostar em uma contratação que temos ciência de que 10-20% dela ainda é “blind“.

Em semanas esse “blind spot” se vai e a grande maioria se torna nossos amigos. Alguns nos visitam aqui nos USA e juntos fazemos visitas clínicas, trocam fotos, passamos a fazer parte de suas vidas quase que diariamente e uma relação de intensa confiança toma subitamente o lugar daquele incômodo “blind spot“.

O risco está no fato de que esta exposição é necessária à sobrevivência da empresa. Sem ela, nāo há Proficiency. A exposição nos faz conhecidos e mais fortes. E foi exatamente essa exposição que fez com nossos negócios – leia contratos firmados – aumentasse em mais de 600% em 2019.

What ?!!? Exato! Mais de 600% de aumento no número de contratos firmados. Excelente resultado para uma contratação “blind spot“!

Há um “problema” nisso tudo e por isso uma mudança se torna necessária. As atividades da Proficiency hoje (negociação financeira, contratos, exposição, web, ensino, acompanhamento dos casos, troca de fotos (rsrsrs) e muitas outras coisas, tem residido debaixo de minha (Flavius) avaliação direta. Sou metódico e tenho delegado pouco, o que chegou ao seu limite.

Se eu (Flavius), nāo delegar, a empresa nāo cresce mais, ou a qualidade da atenção irá despencar, o que nāo admito em hipótese alguma. Recebi pelo menos 3 convites de palestras “alive” este ano e preciso atendê-las. Empresas sponsors querem discutir preparo de profissionais comigo e preciso entrar nisso de forma profunda. É um mercado imenso que merece e precisa ser intensificado e visitado.

Minha paixāo é ensinar. Os “online tutoring” estāo indo muito bem e quero dedicar mais tempo a eles, abrindo novas perspectivas, como começamos a fazer com os webinars em 2019.

Há um mundo a ser explorado.

Por isso, tendo eu a graça de ter a meu lado minha esposa e sócia, que hoje já é responsável pela aberturas de processos junto aos órgãos de avaliação (CGFNS, WES, …) dos casos iniciais e faz junto comigo todos os acompanhamentos, estarei direcionando à Jane, a partir de agora, todos os comunicados, perguntas, questões e movimentos relativos aos processos em andamento. Você nāo está proibido de falar comigo. Porém, irei direcionar 90% das perguntas a ela para resposta direta e provavelmente Jane irá responder diretamente a você.

O que eu vou fazer ? Retirement ?? Ainda nāo !

Pretendo dedicar-me ao ensino, novos mercados, novos contatos, supervisāo geral e auxiliar minha querida sócia na análise das questões propostas.

Isso aumenta nossa teia de atuação, nos da mais tempo para pensar, a qualidade do ensino tende a melhorar, projetos como nosso “App” para celular irá deslanchar, poderei estar mais perto dos sponsors e tudo isso tendo a certeza de que a empresa continuará a ter a mesma metodologia de atendimento que transforma “blind spot” em amizade em questāo de semanas.

Por isso, dúvidas sobre processos em andamento, “Montana Project“, custos, follow up e questões de ordem geral, Jane atende pelo WhatsApp +1 (954) 729-3392.

Eu, Flavius ? Continuo por aqui ouvindo “It’s a Long Way to the Top (If You Wanna Rock ‘n’ Roll)” no rádio do carro e pensando em English Grammar!

Paz a todos.

Só temos a agradecer.

Visite: https://proficiencyadvancednursing.com/sobre-legal-counseling/